quarta-feira, novembro 15, 2006

As capas da Blue Note

A Blue Note foi fundada em 1939 por dois alemães - Francis Wolff e Alfred Lion. Ficou claro logo de início que eles tinham uma abordagem diferente como gravadora: estavam mais interessados na própria música do que no mercado. Isso ficou mais claro ainda quando começaram a apoiar os movimentos mais avançados de jazz, como o bebop, depois o hard-bop e depois o avant-garde. Tinham bom ouvido e investiam em músicos inovadores, preocupados em divulgar uma música cada vez mais sofisticada. Essa sofisticação se deu também no trabalho gráfico das capas de seus discos. Em 1956 contrataram Reid Miles para cuidar das capas, e o que aconteceu foi o estabelecimento de um paradigma gráfico que se tornou a cara do selo Blue Note. Utilizando fotografias de Francis Wolff (que era um grande fotógrafo e que fotografa seus músicos), uma paleta de cores bem restrita em cada capa e uma noção diferente de topografia, Reid Miles fez escola e criou uma identidade para o selo, fazendo uma perfeita ponte entre o som dentro dos discos com sua representação gráfica na capa. Mostra como a simplicidade pode ser altamente sofisticada. E, curiosamente, Reid Miles não gostava de jazz, e sim de música clássica. Depois de ganhar os discos em que tinha trabalhado ele os trocava por discos de música erudita. Interessante notar que foi o distanciamento da música que o fez vê-la tão bem e saber expressá-la graficamente. Vejam vários exemplos:







3 comentários:

tê disse...

São muito boas, queria listar aqui as minhas preferidas, como a lista foi ficando muito grande para o propósito vou escolher quatro, porque não foi possível escolher só três como parece mais de acordo com as regras de um jogo como este, "melhor de três" ou coisa assim (você sabe, eu gosto destas brincadeiras :p).
Estão por ordem corrida do meu olhar, não necessariamente de preferência pq isso daria muito trabalho :P :

i want to hold your hand
gettin' around
free form
into something

Agora já sei que posso te convidar para um café ;)

beijo

Guilherme disse...

adoro café!

Marisco disse...

Muito tesão, ótimo tópico.